Reviews

REVIEW | Everything Sucks!

everything sucks!
Everything Sucks!

Everything Sucks! | Parece mentira, mas já estão fazendo série nostálgica dos anos 90.  E sinto avisar, caro leitor, que já faz muito tempo mesmo.

Seguindo essa linha de raciocínio, Everything Sucks! conta a história pelo ponto de vista de alguns estudantes do Boring School, na cidade de Boring, Oregon. Nome engraçado, pra começo de conversa, mas essa cidade existe mesmo.

Luke O'neil (Jahi Di'Allo Winstonmora com a mãe. Ambos foram deixados pelo patriarca da família alguns anos atrás. Luke é amigo de mais dois garotos considerados os nerds da turma. Eles estão no primeiro ano do High School. Luke acaba se apaixonando por uma menina mais velha do seu Clube de Vídeo e, a partir daí, a trama começa a ser desenvolvida.

Pegando carona em Stranger Things

Baseado no sentimento nostálgico de relembrar a infância, Stranger Things fez muito sucesso e Everything Sucks! também veio com essa premissa. Podemos dizer que a série teve um pouco de preguiça em, talvez, conseguir sucesso à sua própria maneira. Porém, o que falta em esforço de marketing sobre em carisma de personagem.

O elenco parece ter sido muito bem escolhido a dedo pois cada ator interpreta muito bem o que está ali proposto. Tem cena pra rir, tem cena pra chorar, tem cena pra cantar Elton John, Tori Amos, Oasis. Os elementos são bem dispostos e nós realmente nos identificamos um pouco com cada um daqueles adolescentes.

Os adultos da séries são uns amorzinhos e dá vontade de ser como eles quando crescermos. Já crescemos, ok.

"Ah, mas aquele primeiro episódio é meio parado..."

É sim, eu não discordo, mas vale a pena continuar. A curiosidade é plantada na gente logo no começo. E tudo isso porque, de maneira simples e real, a série discorre sobre temas como abandono familiar, bullying, homossexualidade e outros muito importantes. Everything Sucks! é uma das primeiras séries da atualidade a tratar lésbicas com o devido respeito e realidade.

Por esse e muitos outros temas, aplausos para Everything Sucks!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *